3.2.09

.amarelo manga.

meu corpo já não bate mais teu vento. (bic)
poucas palavras resumem tudo. tão tudo, tão nada.
a falta da tua cor, não borra meus dias. deixa cinza, talvez.
o teu perfume às vezes me invade. respiro fundo como que na inútil vontade de te ter dentro de mim, mais uma vez.

bebo mais uma. me perco em pensamentos, no entardecer de cada dia. me misturo nas cores, me perco nas horas.

...
você manchou nós dois e desbotou a cor de um só coração

4 comentários:

Tati disse...

Eu fico besta com esse teu dom de transformar sentidos e sentimentos em palavras, com tanta beleza e doçura. Juro por Deus. Cada post teu me deixa mais absurdada com isso. Since 1900 e lá vai bolinha, desde os seus vários outros blogs anteriores. As vzs nem comento por que as tuas palavras por si só já falam tudo. Você escreve muuuito bem, cara. Sérião mesmo.

/prontofalay.

;o**

carol~ disse...

bêbada,na mesa do zeppelin, com pessoas legais..

thays disse...

tão tudo, tão nada. hoje estou cinza carol. e você descreveu meu estado de espírito em poucas linhas.

Bom dia flor!

Ps. quanto aos perfumes, eu tbm adoro!:D haha

Bic Muller disse...

desbotado não!
você é linda colorida.
as cores mais bonitas são do seu rosto quando fica corada de timidez.
as horas são tuas. esquece o relógio e sorri.