29.8.07

~

'...a memória de um peixinho dourado dura só três segundos. então, depois de uma volta pelo aquário, tudo é novidade. cada vez que dois peixinhos se vêem, é como se fosse a primeira vez. assim como nos humanos. cada nova paixão é como se fosse a primeira. uma reação química apaga a lembrança da ultima dor de amor, e nos pensamos: puxa isso é maravilhoso, é novo, é diferente...'
(do filme todas as cores do amor)

4 comentários:

Rui Bitten disse...

hehe...
muito bom isso da novidade a cada volta no aquário.
tem no Livro do Desassossego do Pessoa umas coisas no mesmo sentido mas agora tô com preguiça, amanhã procuro e te mando!

vitor moraes disse...

e não é que é verdade?

Tati disse...

faz sentido, minha peixinha.

;o***

x-Di disse...

blurrrrbs!
Blurrrbs!

Eu ia comentar, mas já esqueci sobre o q era!