25.2.07

.domingaz.

estou perdida nas horas e sou contra o encerramento do horário de verão. os dias são tão mais bonitos assim. o sol nos acompanha até mais tarde e as pessoas expressam muito mais sua felicidade ao saírem dos seus empregos no final do dia. o domingo está lindo, céu azul carregado de nuvens brancas por todos os lados. um domingo com cara de sábado. quero sair, permitir ao vento bagunçar meus cabelos enquanto o sol queima minha pele branca e me faz ficar com a testa franzida. quero tomar um sorvete daqueles bem grandes e coloridos, tipo coisa de criança. quero fortes emoções e essa idéia esta plantada na minha cabeça já faz alguns dias. voar num balão que me levasse até as nuvens para que assim eu pudesse pegar de volta minha mente. levar uma geral da polícia e sentir aquela adrenalina que não sabe se me deixa sem ar ou com vontades de fazer xixi nas calças. tomar um porre daqueles que me fazem ficar na dúvida de como voltei pra casa. pisar na grama e descobrir que isso vale mais do que dez sessões de terapia. andar de roda-gigante e continuar acreditando que realmente são as pequenas coisas fazem a diferença.
perder os sentidos com as mais diferentes sensações que droga nenhuma é capaz de proporcionar.
[corinne bailey rae - like a star]

2 comentários:

Dre disse...

Ahhh o verão!
Ahhh os finais de semana!
Ahhh o domingo!
To triste q vc tirou o poema do casamento, mas acho que meio que entendo porque não está mais ali, ou mesmo sem entender, entendo :)
Beijossss e boa semana Cah!

Dre disse...

hey hey hey se é pra causar tristeza então melhor deixar mesmo o poeminha de lado, e qto à um dia vc casar, é óbvioooooooo hehehehe
Todas um dia casaremos, nem q seja pra experimentar o gosto gostoso do amargo veneno... hehehe
bjooo